FILHOTES DE BORDER COLLIE

Os Borders Collies sobressaem no Flyball

Este é o esporte canino mais excitante, que envolve correr, pular, trazer e inúmeras brincadeiras interativas entre proprietários e cães. O Flyball ou, mais apropriadamente, “International Flyball Racing”, é uma corrida de revezamento para equipes de quatro cães e seus proprietários, com a utilização de bolas de tênis.


Este esporte foi inventado no final dos anos 70 pelo treinador californiano Herbert Wagner, o qual cativou rapidamente a imaginação e o entusiasmo de donos e treinadores de cães do mundo todo. Criou-se, então, a “Associação Britânica de Flyball”, responsável pela promoção e organização de corridas de flyball no Reino Unido. Uma Associação Mundial de Flyball está sendo formada para futuras competições em âmbito internacional.


O Flyball é determinado por um princípio muito simples: Trata-se uma corrida de obstáculos na qual duas equipes, cada uma formada por quatro ou mais cães, percorrem percursos idênticos sob quatro barreiras baixas (a altura é determinada pelo cão mais baixo da equipe). Em seguida, o animal aperta um pedal que dispara uma bola de tênis. O cão apanha a bola e retorna para a linha de partida. Quando o primeiro cão chega, o próximo sai e o vencedor será a primeira equipe que receber quatros cães com quatro bolas, sem faltas.


Para cães que ainda estão aprendendo os princípios básicos, o Flyball  é uma brincadeira muito divertida. Por ser tratar de um exercício muito vigoroso e um esporte excelente para cães com excesso de energia, se adapta, perfeitamente, ao Border Collie, considerando que a proposta do Flyball é a descontração e a diversão de forma lúdica e, ao mesmo tempo, física. 


Principais vantagens do “flyball”


Esse esporte apresenta uma série de vantagens que, certamente, contribuíram muito para seu sucesso nos países europeus.


O flyball é uma modalidade de esporte que se adapta a todos os cães, independentemente de origem, raça ou porte, porém, os que indiscutivelmente mais sobressaem são os Borders Collies. Ao contrário do que ocorre no Agility, os proprietários não têm necessidade de correr com o cão, o que torna o esporte acessível a idosos e deficientes físicos.


Trata-se de uma modalidade esportiva bastante simples, desprovida de técnica e que não requer treinamento excessivo. O cão fica condicionado ao esporte e a maior dificuldade para o treinador é ensiná-lo a apertar o pedal para liberar a bola de tênis. 


Elementos básicos do percurso


Existem três elementos básicos no campo:


1.      Uma linha que serve como ponto de partida e chegada;


2.      Quatro obstáculos idênticos, cuja altura deve estar entre 10 e 18 polegadas (25 cm e 54 cm, dependendo da altura na cernelha do menor cão da equipe);


3.      Uma caixa de flyball: que contém um dispositivo em uma mola que permite ao cão lançar uma bola de tênis, com o uso de um pedal.  


São consideradas faltas


· Atravessar a linha de partida antes do cão anterior passar pela linha de chegada;


· Deixar de saltar um dos obstáculos;


· Soltar a bola antes de atravessar a linha de chegada;


· Dar a largada, pela segunda vez, antes de ter sido autorizado;


· Receber ajuda do condutor, de um espectador ou do alimentador da caixa. 


“O ‘Flyball’ é um esporte que combina agilidade e velocidade aliadas à facilidade de aprendizado dos ‘Borders Collies’, o que o torna uma atividade muito promissora.”

Pergunte aqui no Blog

Veja as Fotos

Veja os Videos

16 views - 0 comments

Newest Members